Símbolos de Música

significado símbolos de musicaO significado dos símbolos de música remete para a interpretação que cada figura musical possui dentro de uma partitura.

Independente de ser uma música cantada ou tocada, qualquer uma fará o uso dos símbolos musicais.

Os símbolos musicais são diversos e possuem formatos e valores distintos. Os que comummente encontramos em uma partitura musical são os que serão apresentados a seguir.

Simbolismo e Significado Símbolos de Música

Pentagrama

Para a música é essencial a utilização do pentagrama. Trata-se de um conjunto de cinco linhas desenhadas em paralelo ao longo da folha ou local onde se fará a partitura.

O pentagrama possui as linhas e os espaços, sendo estes um total de quatro e localizados entre as linhas. É sobre este pentagrama que serão colocadas as notas musicais, sejam nas posições de linhas ou nas posições de espaços.

Notas Musicais

As notas musicais são símbolos de música e distribuídos ao longo do pentagrama. Dependendo de sua posição, elas recebem nomes específicos. Sendo assim temos que:

  • As notas que estão localizadas sobre as linhas do pentagrama são as seguintes: Mi, Sol, si, ré, fã;
  • As notas que estão localizadas nos espaços do pentagrama são as seguintes: Fá, lá, dó, mi.

As notas musicais também podem ser encontradas em posições acima ou abaixo do pentagrama. Neste caso elas são as notas superiores ou inferiores, respectivamente.

Dessa forma, totalizam em 7 as notas musicais, que numa escala ascendente podem ser assim representadas: Mi, fá, sol, lá, si, dó, ré, mi, fá.

Leia Mais >  Deusa da Justiça

Figuras das Notas Musicais

Aqui também existem as figuras das notas musicais, e estas também possuem nomes específicos, que são: Semibreve, mínima, semínima, colcheia, semicolcheia, fusa e semifusa.

Estas figuras além de nomes especiais também possuem tempos próprios. Para exemplificar os tempos segue a explicação

Dentro de um compasso 4×4, as figuras musicais têm os seguintes tempos:

  • Semibreve – 4 tempos,
  • Mínima -2 tempos,
  • Semínima – 1 tempo,
  • Colcheia – 1/2 de tempo,
  • Semicolcheia – 1/8 de tempo,
  • Fusa -1/16 de tempo,
  • Semifusa – 1/32 de tempo.

Compassos

Dentro da música existem os compassos. Eles servem para demonstrar o tempo e o andamento da música e podem ser representados por frações numéricas.

Os compassos mais comuns são os seguintes: 4×4, 3×4, 2×2, 6×8, 12×8, 6×4, 3×8, e outros.

Barra de Compasso

A barra de compasso é encontrada dentro do pentagrama, e trata-se de uma pequena linha desenhada na vertical para delimitar as notas de um compasso.

Por exemplo, em um compasso 4×4, a figura de nota musical chamada semibreve valerá 4 tempos, e este compasso indica que deverá haver dentro de um espaço delimitado por barras de compasso um total de 4 tempos.

Sendo assim, deverá ser colocado dentro desse compasso uma semibreve, ou duas mínimas, ou quatro semínimas, e assim por diante.

Quando completar o quarto tempo, coloca-se a barra de compasso, e inicia um outro compasso com 4 tempos.

Claves

Como símbolos da música existem as claves musicais. Elas são no total de três: fá, dó, Sol. Das três, as mais utilizadas por ordem de prioridade são: Sol, fá, dó.

São importantes porque elas definem o nome das notas musicais. Por exemplo, se uma nota estiver na primeira linha na clave de sol, então o seu nome será ‘mi’. Se esta mesma nota estiver também na primeira linha da clave de fá, o seu nome será ‘sol’.

Leia Mais >  Girassol

Por fim, se esta mesma nota estiver nesta mesma linha, só que na clave de dó, então o seu nome será ‘fá’.

Bemol e Sustenido

O Bemol e o sustenido são também chamados de acidentes. Eles indicam que uma determinada nota musical mudará de uma tonalidade.

Na música temos por exemplo, o mi natural, o mi bemol e o mi sustenido, sendo que cada um tem uma sonoridade distinta.

Tanto o bemol quanto o sustenido possuem um desenho específico. O desenho representativo do bemol é muito parecido com a letra ‘b’ do nosso alfabeto, enquanto que o desenho do sustenido é exatamente a figura do ‘‘jogo da velha’.

Bequadro

O bequadro também é utilizado na partitura musical dentro do pentagrama com intuito simplesmente de anular o valor de um Bemol ou de um sustenido.

Na prática, significa dizer que se uma determinada nota é bemol ou sustenido, ao utilizarmos o bequadro transformaremos esta nota em natural.

E então, já ficou a conhecer o significado símbolos de música e os seus diferentes simbolismos, desde históricos, religiosos, etc…?

Deixe nos comentários abaixo a sua opinião ou dúvida sobre o conteúdo do artigo.


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *