Anéis Olímpicos

Conheça agora o significado anéis olímpicos.

Simbolismo e Significado Anéis Olímpicos

Surgimento

É atribuído a Pierre de Fredy (1863 – 1937), também conhecido como Barão de Coubertin a criação e divulgação dos anéis olímpicos.

A história indica que este barão convocou uma reunião com o intuito de modernizar os jogos olímpicos.

O Comitê Olímpico Internacional (COI) que estava presente tratou imediatamente de incluir as ideias modernistas para os jogos de Atenas que aconteceriam em 1896.

Foi apenas no ano de 1912, após os jogos de Estocolmo, ocasião em que participaram atletas de todos os cinco continentes, que o barão de Coubertin enviou uma carta que no topo havia desenhado à mão cinco Anéis entrelaçados de cores distintas.

significado anéis olímpicos

Em 1914, no 20º aniversário do comitê, os cinco anéis foram novamente utilizados em forma de homenagem. E em 1915 ficou decidido de que os anéis passariam a ser o símbolo oficial dos Jogos Olímpicos.

Em 1915 seria utilizado pela primeira vez oficialmente, mas devido a Primeira Guerra Mundial, o evento esportivo foi cancelado, e sua utilização oficial foi feita apenas e 1920 nos jogos de Antuérpia que aconteceram na Bélgica.

Inspiração

O barão também era presidente da Union des Sociétés Françaises de Sports Athlétiques (USFSA) formada por duas associações. Para representar isso, foi criado um logótipo com dois anéis de cores diferentes entrelaçados.

Pierre poderia ter se inspirado nesse logótipo para criar os cinco anéis olímpicos também entrelaçados.

Significado

Até então o significado anéis olímpicos não havia sido desvendado. Foi apenas no ano de 1931 que Pierre de Fredy trouxe ao público qual foi a sua inspiração.

Segundo ele, os Cinco Anéis, cada um com uma cor distinta, representavam os cinco continentes. Juntando com a cor branca do fundo formariam seis cores que são justamente as colorações que aparecem nas bandeiras dos países da atualidade.

O significado atualmente atribuído aos cinco anéis olímpicos entrelaçados é o da representação dos valores humanitários e universalistas.

As cores de cada anel defendem as diversidades encontradas em todas as nações do mundo. E o fundo branco do símbolo é representativo da paz entre estas nações.

Acredita-se que Pierre de Fredy tenha utilizado do fato de que quase sempre durante a realização dos Jogos Olímpicos havia uma trégua nos conflitos existentes à época.

Cada cor um Continente

De acordo com o barão de Coubertin de fato cada cor representa um continente, e por esta razão afirma-se por aí que um determinado anel com sua cor respectiva corresponde a um determinado continente.

É muito comum associar o vermelho, às Américas; o azul, à Europa; o amarelo, à Ásia; o preto, à África; e o verde, a Oceania.

No entanto, é fato que em nenhum momento o barão escreveu ou até mesmo afirmou que a interpretação para as cores de cada anel seja assim específica de um determinado continente.

Logótipo para o COI ou as Olimpíadas?

O historiador David Young levanta uma discussão sobre a real intenção do barão de Coubertin quando intentou criar os Cinco Anéis entrelaçados.

Isso porque, como já conhecemos, em 1914 esse foi um logótipo oficial utilizado para homenagear o comitê Olímpico Internacional – COI em seu 20º aniversário.

Outra questão levantada é que o barão ao criar os Cinco Anéis pudesse estar referindo as cinco edições dos Jogos Olímpicos já realizadas até então, que foram as dos anos 1896, 1900, 1904, 1908 e 1912.

Mito

Em Delfos, na Grécia, por volta do ano de 1946 foi encontrada uma pedra em que havia talhada os cinco anéis olímpicos.

Pesquisadores analisaram e chegaram à conclusão de que aquela pedra fazia parte de um altar antigo da Grécia Antiga, e por isso pensaram que desde aquele tempo já se usava o atual símbolo com os anéis.

Mais tarde foi descoberta a real história e a anterior se tornou um mito.

A questão é que no ano de 1936, o presidente do comitê de organização dos jogos – Carl Diem – ao transferir a tocha da cidade de Olímpia para Berlim, resolveu parar no estádio de Delfos.

Ali a tocha deveria ser conduzida por meio de uma cerimonia especial, e para isso foi construído um altar na qual estava uma pedra que foi mandada esculpi-la com os Cinco Anéis especialmente para a ocasião.

Comprovado que era apenas uma parte da encenação, a pedra foi então retirada do estádio de Delfos e colocado na sua parte externa, bem à entrada.

E então, já ficou a conhecer o significado anéis olímpicos e os seus diferentes simbolismos, desde históricos, religiosos, etc…?

Deixe nos comentários abaixo a sua opinião ou dúvida sobre o conteúdo do artigo.


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *