Coruja

significado corujaA coruja é uma ave de hábitos noturnos, e por assim se movimenta e vê muito bem mesmo que esteja em total escuridão, vendo aquilo que ninguém mais vê.

É considerada um animal muito observador, e suas características físicas dão para ela total capacidade de observar de fato tudo que está ao seu redor.

Uma dessas capacidades é a possibilidade de girar o pescoço em 270º sem movimentar o restante do seu corpo. Além disso, ela possui uma audição e visão de grande amplitude.

A coruja mais conhecida é a chamada coruja buraqueira. Esse nome é dado por que ela cria sua casa em um buraco feito no chão.

Geralmente utilizam buracos já feitos por outros animais. Apesar disso, elas possuem a capacidade também de fazer o seu próprio buraco.

O significado coruja remete para os dons da sabedoria e da inteligência. É também atrelada ao mistério e ao conhecimento.

É fato que existem muitas simbologias atribuídas a esta ave que variam absurdamente de uma cultura para outra.

No geral, são símbolos relacionados ao misticismo, a alma e também aos dons. Veremos algumas simbologias na sequência.

Veremos a partir de agora o significado coruja e as suas interpretações.

Simbolismo e Significado Coruja

Ciência

Algumas ciências ou linhas de conhecimento utilizam a coruja como mascote. Por exemplo a filosofia, as letras e a pedagogia são algumas delas.

Além disso, os escuteiros também fazem uso dela como símbolo.

Mitologia Grega

Na mitologia grega Athena era considerada a deusa da sabedoria.

A imagem da coruja era o símbolo dessa deusa e isso por que a ave remete para os sentidos da racionalidade e intuição, também para as características de reflexão e conhecimento amplo.

 O Ascáfalo também é representado por essa ave. Ele é o Deus dos mortos e também o guardião de plutão.

Gregos

Os gregos de uma forma geral acreditam que durante a noite é o período ideal para filosofar. É por esta razão que deixam a noite disponível para reflexão e filosofia.

Então dessa forma associavam a característica noturna da coruja ao hábito, também noturno, de buscar conhecimento. Dessa forma, o animal é visto como um símbolo do conhecimento.

Ocultismo

Mais uma vez associando as características de percepção e observação da coruja, alguns estudiosos atrelam essa ave ao ocultismo.

Eles imaginam que esta ave passa toda a noite acordada e vigilante observando todos os movimentos e até barulhos noturnos.

Por esta razão ela adquire um profundo conhecimento sobre o oculto. Essa afirmação pode ser encontrada em conversas com alguns nativos do continente americano, ou até mesmo por alguns gregos.

Poderes Divinos

Em algumas culturas existe a ideia de que a pessoa ao comer carne de coruja será dotada da capacidade da clarividência e da previsão. Isso se dá porque irá adquirir poderes divinos.

Qualidades Exageradas

É muito comum vermos pais, avós, tios e outros semelhantes exagerar em algumas qualidades de seus filhos, netos e sobrinhos.

Ao ressaltar com exagero as qualidades esses familiares são chamados de pais corujas, ou avós e tios corujas.

Hinduísmo

No hinduísmo existem várias divindades, sendo que uma delas recebe o nome de Lakshmi. Esta deusa representa a sabedoria e também a prosperidade para as pessoas.

Sua representação é feita através da simbologia dada por uma coruja branca.

Idade Média

Na Idade Média Europeia, as corujas eram tidas como bruxas, apenas não se percebia isso facilmente por que disfarçavam.

Ainda nos tempos atuais esse animal é atrelado as questões espirituais e da morte, e a tudo que se relaciona a cemitério.

Cultura Asteca

Os Astecas são povos pré-colombianos antigos da América do Sul. Eles acreditavam na existência do Deus dos infernos. Este por sua vez era simbolizado pela coruja.

Segundo a cultura Asteca, essa ave vem até a terra com intuito de devorar as almas das pessoas que transitam vagamente.

Morte

Espalhadas pelo mundo existem muitas culturas que acreditam na associação entre a coruja e a morte. Pensam que o olhar tão fixo e seguro desse animal estar indicando impossível azar, um desastre e até mesmo a morte.

Nas culturas mais antigas ela era vista como uma guardiã da noite e do mundo oculto. Ela era também a protetora dos mortos.

Aborígenes da Austrália

Os aborígenes, que são os povos nativos da Austrália, no continente oceânico, consideram este animal como a representação da alma de todas as mulheres.

E então, já ficou a conhecer o significado Coruja e os seus diferentes simbolismos, desde históricos, religiosos, etc…?

Deixe nos comentários abaixo a sua opinião ou dúvida sobre o conteúdo do artigo.


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *