Lobo

simbolismo do loboO lobo é um animal com um simbolismo muito forte: muitas vezes representado como feroz e selvagem, ele também encarna a fertilidade ou devassidão.

Como símbolo, o lobo é “sinônimo de selvageria”, dotado de uma força que tem dificuldade de conter, enquanto o lobo às vezes representa a “devassidão”.

Na Roma antiga, o lobo de Romulus e Remus está associado à fertilidade. Essa visão é encontrada na Anatólia ou na região russa de Kamchatka.

Símbolismo do Lobo

Mitologia Grega e Latina

Na mitologia greco-latina, o lobo representa a selvageria, sob a forma do lobo de Mormolycé, enfermeiro do Aqueronte. O brasão de pele de lobo de Hades, mestre do submundo, ou lobo de transformações de mago durante a Idade Média são os símbolos.

O lobo também é retratado como um devorador.

É também um símbolo de bravura: os bravos Genghis Khan e Atatürk foram comparados aos lobos.

Nos contos e Lendas

Aprendemos que as crianças crescem com medo do lobo por causa de histórias como Chapeuzinho Vermelho, mas é antes o animal que tem medo do homem.

Esperança

Com base em uma experiência clínica, o autor explora o significado que a imagem do lobo pode transmitir ao se apresentar em sonhos, jogos, experiências de adultos e crianças.

Parece que ela surge em momentos cruciais da vida de indivíduos severamente deficientes, mas que têm uma grande vitalidade, marcando a passagem do arquétipo de mãe negativa e devoradora para um arquétipo paterno.

Esse tema está relacionado à questão mais geral do papel e função dos instintos e arquétipos na teoria junguiana, de seu lugar no diálogo incessante entre a consciência e o inconsciente.

Mítico

Desde o início dos tempos, o lobo fascina os homens. Temido e admirado, ele habita o mundo imaginário das sociedades. Sua presença e sua ação em muitas histórias míticas e modernas atestam sua importância.

Todas as civilizações do hemisfério norte da Terra conheciam o rico simbolismo do lobo. O lobo parietal da pré-histórica germânica, o lobo romano, o “irmão lobo” querido por São Francisco de Assis, a Besta de Gevaudan e histórias o lobo das crianças refletem a permanência simbólica do lobo através do tempo e espaço.

Animal negativo e positivo, mediador diretamente relacionado ao futuro, o lobo também era a encarnação da luz na China, no norte da Europa e na Grécia.

Visão Religiosa

Atualmente, está se desenvolvendo um novo relacionamento que não é diferente daquele dos tempos pré-cristãos na Europa ou do xamanismo multimilenarista.

O lobo simboliza a criação continua, mas as forças das trevas que ele preferia a águia, a águia, sendo encontrado em uma infinidade de símbolos nacionais, como bandeiras.

Quando uma civilização se apropria do símbolo – xamânico na origem – da águia, é que sua queda está próxima. Muitos exemplos preenchem a história passada e futura, muito em breve.

Símbolo da função guerreiro promotor indiana e indo-europeia, mas também celestial chefes, dinastias e os povos da Ásia Central, o lobo tinha a tarefa de assegurar a criação, a sua “boa gestão” e, finalmente, a sua destruição inevitável quando se tornou obsoleto, contribuindo assim para a sua regeneração periódica.

É por isso que o lobo intervém durante as mudanças do ciclo.

O lobo foi percebido como uma criatura demoníaca pelo cristianismo, que fez este animal acender o símbolo da devassidão, malícia e força hostil à fé do crente preso. O lobo tornou-se o animal fetiche dos xamãs, que podiam tomar forma e entender sua língua.

Uma vez que é o “lobo mau” dos contos, fábulas e lendas de nossas campanhas e literatura escrita amplamente infantil – e vergonhosamente – estes contos, fábulas e lendas são uma reminiscência de São Jorge e o dragão onde São Jorge mata o dragão – o guardião do limiar, em vez de domá-lo e torná-lo um aliado.

Tatuagem de Lobo

Portador de força e mistério, o lobo é um animal de poder. Uma complexidade ambígua o conecta ao homem que, enquanto o teme, observa-o com admiração. Porque a ferocidade do lobo corresponde à violência própria de todo ser humano.

O lobo pode representar força, luta e esperança de um animal que pode se sacrificar inteiramente pelo seu bando e nunca desistir da sobrevivência mesmo em condições extremas

E então, já ficou a conhecer o significado e simbolismo do lobo, desde históricos, míticos, religiosos, etc…?

Deixe nos comentários abaixo a sua opinião ou dúvida sobre o conteúdo do artigo.


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *