Ouroboros

significado Ouroboros simbolismoO Ouroboros é o emblema do eterno retorno e da natureza cíclica do tempo. Seu simbolismo se une ao da fênix, que renasce constantemente de suas cinzas.

É um símbolo muito antigo, atestado na Mesopotâmia, no Egito, na Europa, no Extremo Oriente.

Significado Ouroboros e Simbolismo

Etimologia

Ouroboros viria do Uros Copta, significando o “rei” e a “cobra”. Louis Lassay nos dá outra etimologia: O termo vem do grego oura, que significa “cauda”, e boros que significa “devorar” ou “engolir”.

Ouroboros seria o Rei Serpente para uns, e para outros, uma simples descrição de sua representação, “a cobra que morre com a cauda”.

Origem

Antes de conceber um tempo linear, com um começo (Criação) e um fim (O Juízo Final), os antigos o entendiam (tempo) em sua forma cíclica. Na pré-história e depois na antiguidade, os eventos relacionados ao tempo cíclico (nascimento-morte-renascimento) eram realmente percebidos ou imaginados como lugares.

Os humanos vieram ao mundo na face da terra; na sua morte, eles foram devolvidos à terra da deusa; ela os regenerou dentro de seu ventre e eles renasceram através da reencarnação.

Do ponto de vista geocêntrico e astronômico, o Sol nasce no Oriente, move-se num arco circular em direção ao Ocidente, onde morre (desaparece sob a superfície da terra, ou o mar, isto é, para dizer, nas profundezas do inconsciente, a ser regenerada pela Grande Mãe), então ressuscita na próxima aurora, no Oriente.

Mitologia

Na mitologia greco-romana, Ouroboros é o atributo de Saturno, filho de Coelus, deus do tempo chamado pelo grego Chronos.

Ele é representado no aspecto de um homem velho segurando uma foice na mão direita e da esquerda o ouroboros, porque na continuidade do tempo, o último dia do mês se junta ao primeiro dia do mês seguinte.

Da mesma forma, de ano para ano e sem interrupção, o primeiro mês do ano segue o último mês do ano anterior, da mesma forma que a cabeça e a cauda do animal se encontram.

Seu simbolismo é semelhante ao de Janus Bifron, representado por dois rostos opostos, um jovem, olhando para o futuro, o outro, velho, voltado para o passado.

Cristianismo

O cristianismo retoma o padrão usado séculos antes (ou mesmo milênios) por outras divindades mais antigas que morrem e ressuscitam, como Dionísio, Osíris, Adônis e Tamuz.

Ouroboros é uma figura do Logos. “Eu sou o alfa e o ômega, o começo e o fim”, na visão de Cristo.

Alquimia

O ato de morder a cauda ilustra o princípio da autofecundação. Ele inocula-se com os ganchos da boca, na cauda. Ele é homem e mulher e está simbolicamente relacionado ao Hermafrodita que é o renascimento dos alquimistas.

Entre os alquimistas dos primeiros séculos do Império Romano, ouroboros é um símbolo da Obra que não tem começo nem fim. Atualmente, os estudantes de cursos na área de química, gostam de adotar o ouroboros como símbolo.

Astrologia

Ouroboros também tem um link com as estrelas. Às vezes é representante da Via Láctea. Circular em forma, engloba o nosso mundo.

Existe, portanto, uma ligação com as antigas tradições representando os Ouroboros como um círculo que abrange o universo. Sendo maior que as estrelas que governam os eventos, ele agiria assim como um protetor do último.

Tatuagem

As tatuagens de Ouroboros podem ter múltiplos significados dependendo da vertente que a pessoa pensa.

Em geral, o simbolismo adotado é o de (in) continuidade do tempo e da limitação dos seres humanos na busca pelo conhecimento que pode ser o seu próprio fim.

Podemos tirar várias ideias de simbolismo para o ouroboros a depender dos pontos de vistas que tomarmos e do ponto de partida.

E então, já ficou a conhecer o significado ouroboros e os seus diferentes simbolismos, desde históricos, religiosos, etc…?

Deixe nos comentários abaixo a sua opinião ou dúvida sobre o conteúdo do artigo.


Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *